Skip to main content
post_inplastic_1-thumb

Pallet de plástico ou de madeira: qual o melhor?

post_inplastic_1-thumb

Quando o assunto é otimizar o transporte e a armazenagem de mercadorias, o pallet se torna um dos itens mais importantes da cadeia logística.

Por ser um material altamente versátil, ele consegue atender às necessidades das mais variadas indústrias. Com o pallet, é possível unitizar diferentes tipos de produtos e, assim, reduzir o tempo de operação logístico.

Apesar dos seus benefícios incontestáveis, esse item tão importante sempre vem acompanhado de uma dúvida igualmente essencial. Qual será a melhor escolha, o pallet de plástico ou o pallet de madeira?

Continue com a leitura do artigo e descubra qual a melhor opção para economizar e garantir a segurança e conformidade das mercadorias da sua empresa!

Diferenças do pallet plástico e de madeira

Antes de tudo, é importante saber que, apesar de terem a mesma função, o pallet de plástico e o pallet de madeira possuem características diferentes:

Pallets plásticos

Os pallets de plásticos, ao contrário do que possa parecer, são mais amigáveis ao meio ambiente. Isso porque o plástico é uma matéria-prima que pode ser 100% reciclável, além de possuir vida útil maior do que a madeira.

Com as tecnologias atuais, o pallet de plástico pode ultrapassar os 10 anos de vida, gerando uma economia 75% maior à empresa. Além disso, seu manuseio e deslocamento é fácil e implica em menores custos de transporte.

Outro ponto importante aqui é o fato de que os pallets plásticos são muito resistentes e estão menos sujeitos a sofrerem alterações com situações extremas. A sua composição também favorece os processos de limpeza e higienização, garantindo a integridade das mercadorias e funcionários.

Pallets de madeira

Os pallets de madeira passam por um processo de fabricação rudimentar, por isso o produto final é mais pesado e costuma apresentar pregos e lascas que causam ferimentos a quem o manuseia.

Vale dizer que a madeira está em constante degradação, o que faz com que a vida útil do pallet seja menor e, assim, os gastos com manutenção aumentem.

Além disso, a higienização do pallet de madeira é mais complexa, uma vez que essa matéria-prima favorece a proliferação de fungos e bactérias que podem, inclusive, ser transportadas junto com o pallet e causar doenças.

Pallet plástico e o meio ambiente

pallet plástico realmente é um produto que causa menos impacto ao meio ambiente em comparação àqueles desenvolvidos com madeira.

O plástico é totalmente reciclável e o processo de fabricação do pallet é extremamente cuidadoso com o meio ambiente. Para você ter uma ideia, a cada 5 pallets de madeira é utilizada, aproximadamente, 1 árvore. Já a cada 5 pallets de plástico são retirados 135 kg de resíduos plásticos do meio ambiente.

Os pallets de madeira têm a sua matéria-prima proveniente do desmatamento, o que causa uma necessidade imediata de reflorestamento. O descarte desse produto também é muito discutido, uma vez que ele costuma ser descartado sem nenhum cuidado, causando a poluição de rios e rodovias.

Para o pallet de plástico, em contrapartida, existem diversos projetos de reciclagem. A InPlastic, por exemplo, criou o Recicle InPlastic, iniciativa que visa transformar os resíduos plásticos das empresas em produtos novos de qualidade e custo baixo.

Dessa forma, os impactos no meio ambiente causados pelo pallet plástico são minimizados e as empresas ainda contam com excelente custo-benefício para otimizar seus processos logísticos.

Ficou interessado e quer saber mais sobre o projeto Recicle InPlastic? Acesse o nosso site e veja mais informações!



Share article on

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *